publicado por adm | Sábado, 01 Outubro , 2011, 21:20

A Lexmark Brasil apresenta dois novos produtos multifuncionais inteligentes (MFP) coloridos a laser da família X548, com soluções de produtividade que otimizam os processos corporativos. Direcionados às empresas de médio porte em ritmo de crescimento acelerado, essas multifuncionais intuitivas oferecem uma grande variedade de características e funções como parte do portfolio de hardware de última geração e das soluções inovadoras e software da Lexmark.

A nova família de MFP colorida a laser X548de e X548dte, da Lexmark oferece alto rendimento, capacidade de grande alcance, novos recursos, soluções para economizar tempo e segurança avançadas, características normalmente encontradas apenas em dispositivos muito mais caros, agora disponíveis a um preço acessível e com design compacto.

Com uma sofisticada tela colorida de 7 polegadas, a família de multifuncionais coloridas a laser X548, da Lexmark, inclui aplicativos pré-carregados e pode ser facilmente personalizada para empresas com necessidades e fluxos de trabalho específicos.

Um passo à frente do modelo básico X548de da Lexmark, a Lexmark X548dte acrescenta um disco rígido que permite funções adicionais, assim como um alimentador duplo para 650 folhas, que apresenta capacidade de gerenciamento de mídias ainda maiores.

Além disso, a família Lexmark X548 incorpora o recurso de Cor Nomeada, com o qual os usuários podem especificar os valores – seja PANTONE® ou do Guia de Cores DIC – para garantir a correspondência de cores e produzir impressões profissionais, com a certeza de conseguir sempre valores precisos e uniformes, equivalentes às tonalidades usadas em publicidade corporativa, marcas e logotipos da empresa.

“O lançamento das MFPs inteligentes X548 reforça a posição estratégica da Lexmark no segmento crescente de dispositivos a laser coloridos para grupos de trabalho”, diz Marty Canning, vice-presidente executivo da Lexmark e presidente de Soluções e Serviços de Imagens. “A empresa assumiu o compromisso de lançar tecnologias inovadoras que vão além do formato A4, com dispositivos inteligentes, software personalizável e soluções feitas sob medida para aumentar a produtividade dos nossos clientes corporativos”.

Os produtos da família X548 da Lexmark se unem à linha de dispositivos coloridos para grupos de trabalho, que contam com tela colorida sensível ao toque para aumentar a produtividade das empresas, entre eles a X792, C792, X925 e C925. Os dois modelos já estão disponíveis no mercado brasileiro e estão focados no mercado de distribuição e VARs. A X548de tem preço sugerido de R$ 4.150,00 e a X548dte, R$ 4.850,00.

Fonte:  http://www.lexmark.com.br/


publicado por adm | Sábado, 01 Outubro , 2011, 21:19

A HP está lançando no Brasil novas multifuncionais desenvolvidas especialmente para pequenas tiragens ou pequeno volume. Os modelos são a Laserjet Pro M175NW e M175A, que fazem a impressão à laser e em cores, mais compactas e as primeiras com preço abaixo dos mil reais.

Além de oferecer uma maior qualidade na impressão de documentos e imagens, é a única nesta faixa de preço a possuir o um alimentador automático de páginas, suportando até 50 folhas.

Os dois modelos são certificados com o Energy Star, que qualifica equipamentos que contribuem para redução do consumo de energia. As impressoras vem equipadas com a tecnologia auto on-off e Instant on, que as desliga em períodos de inatividade, diminuindo o consumo de energia, religando instantaneamente quando necessario. A diferença entre os dois modelos fica por conta da tecnologia ePrint, que permite impressão a partir de qualquer dispositivo conectado à internet, e é exclusivo do M175NW.

Fonte:  http://www.techguru.com.br/

tags: ,

publicado por adm | Sábado, 03 Setembro , 2011, 22:14

A isenção do pagamento do Imposto de Importação (II) e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para a aquisição, fabricação e comercialização das impressoras de caracteres Braille poderá ser assegurada em lei. É o que determina proposta aprovada nesta quarta-feira (31) pela Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) e que segue agora para análise da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), emdecisão terminativa.

Segundo o autor da proposta, senador Ciro Nogueira (PP-PI), atualmente, tanto o Imposto de Importação como o IPI não são cobrados na aquisição das impressoras em Braille, mas podem passar a ser cobrados a qualquer momento. Por isso, observa ele, "a conversão do projeto em norma conferirá maior segurança jurídica à matéria, sedimentando o caráter social e inclusivo das isenções".

Pelo projeto de lei (PLS 361/11), ficam isentas desses dois impostos as impressoras classificadas no código 8443.32.222, da Nomenclatura Comum do Mercosul.

O senador justifica sua iniciativa afirmando que a produção de documentos impressos pelo Sistema Braille é de "excepcional importância" para milhares de brasileiros que sofrem de deficiência visual severa e precisam da leitura para ter acesso à educação, lazer, trabalho, religião e saúde.

Para o relator na CDH, senador Eduardo Amorim (PSC-SE), a medida vem em boa hora e "certamente contribuirá para tornar mais efetiva a Lei da Acessibilidade (Lei 10.098/00)".

- Essa carência de material em Braille acessível em nossas bibliotecas deixa ao desamparo um número significativo de brasileiros - afirmou Amorim, ao informar que, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil tinha, no ano 2000, mais de 16 milhões de pessoas com deficiência visual, 148 mil delas completamente cegas e 2,4 milhões com deficiência visual severa.

Durante a votação da matéria, a senadora Marinor Brito (PSOL-PA) observou que, cada vez "fica mais clara a necessidade de melhorar as condições de acessibilidade e de comunicação das pessoas portadoras de deficiência no nosso país".

fonte:http://www.senado.gov.br/

tags:

pesquisar neste blog
 
links
subscrever feeds